Você é o curioso...

    contador de acesso grátis
    ...
    ''O direito a ser iguais, quando a diferença nos inferioriza; o direito a ser diferentes, quando a igualdade nos descaracteriza''.

Informação geral.


Depois de algum tempo tendo problemas com o blog, hoje dia 17 de Setempro de 2013 eu consegui arrumar o lealt e o template. Estarei postando alguns textos que já tenho pronto. E para deixar bem claro, todos os textos que aqui são postados são registrados por data e hora de postagem pelo blogspot que faz parte do google.com. Os textos que não são de minha autoria terão o nome do autor em baixo do texto em questão. Já os que não têm nome por logica devera ser os meus. Espero que gostem do blog, e agradeço se puderem comentar as postagens.

Grato: Welder Campos Rodrigues.

Ah 2 anos atraz!


Naquela noite eu mal te conhecia.

E acho que você mal sabia meu nome. Mas isso não foi problema algum.
O vento gelado e as músicas de letras sem sentido eram as únicas coisas que me mantinham acordado.
Conversava sobre alguma bobagem, tomava alguma coisa e ficava lá, pensando no nada.
Na verdade, minha mente estava a ponto de explodir.
O que eu mais queria, realmente, era o vazio. E você me deu exatamente o que eu estava precisando: um paradoxo de poesia, exatamente o que eu desejava.
Em poucas horas, eu compartilhei tudo que pairava sobre mim com alguém que mal sabia meu nome.
E ao mesmo tempo, eu entendi aquele momento, que há alguns minutos, pouco sentido tinha.
Tamanha semelhança fez a minha noite fria, com aquele céu que brilhava sem nenhuma estrela, o qual ninguém olhava – exceto por mim.
Porque você me trouxe um paradoxo bobo, mas que fez todo o sentido.

Dialogo


- Naquela manhã, eu não vi o Sol nascer, mas eu sabia que ele já estava lá.
- Ah! Como você é clichê.
- Mas eu disse alguma mentira?
- Não... Mas podia ter dito de outra forma. Ou quem sabe esquecer um pouco esse seu lado poético por alguns instantes.
- Tolice a sua. As pessoas subestimam muito os clichês, isso não me agrada nem um pouco.
- Quer dizer então, que você defende a padronização de frases de efeito e palavras bonitas?
- Nunca ousei nem pensar nisso! Enlouqueceu?
- É o que você está deixando a entender, caro poeta.
- Nada disso.
- Me diga, o que é, afinal?
- Talvez não seja tão fácil de você enxergar da mesma forma que eu, é complicado. O clichê não passa de uma verdade cansada; é sincero: simples e honesto. Apenas não há mais como dizer tal.

Forever Young


O que diferencia uma criança de idade para um adulto são as experiências vividas.

Muitas vezes uma criança de idade tem mais maturidade que um adulto, pois ela ainda não foi influenciada pela maldade do mundo.
A pessoa que fomos quando "criança pequena" não desaparece quando nos tornamos adultos, pelo contrário, o que acontece é que quando nos tornamos adultos adquirimos mais liberdade para viver na prática o que tínhamos curiosidade quando "criança de idade", porém nossos medos, frustrações, sentimentos...
Continuam dentro de nós, como se fosse a nossa "caixa-preta."
Nosso verdadeiro "eu" jamais desaparece, podemos ter 10 ou 100 anos, mas aquela criança sempre estará lá, o que muda é a maneira que encaramos a vida, pois com o passar do tempo vamos ganhando maturidade e sabedoria, mas no fundo somos a mesma criança.

Viva o Livre!

Declaro aberto os portões desta Sociedade Alternativa. Sintam-se platéia de um palco cheio de personagens que nem eu sei de onde vieram.
A única coisa que sei é que eles estão dentro de mim e que vão começar a aparecer.

Melhor se acomodar, que a cortina já abriu...

Curiosidades..

Minha foto
"Eu acho legal o pessoal acessar o blog e não deixar um recadinho… É massa, é a mesma coisa que você cagar e não puxar a descarga… Porque querendo ou não você usou aquilo, pode ser num momento de merda, mas usou certo? Não custa deixar um recadinho falando… legal…"

Seguidores

Eu queria ser poeta. Mais sou apenas um contador de historias.