Você é o curioso...

    contador de acesso grátis
    ...
    ''O direito a ser iguais, quando a diferença nos inferioriza; o direito a ser diferentes, quando a igualdade nos descaracteriza''.

Informação geral.


Depois de algum tempo tendo problemas com o blog, hoje dia 17 de Setempro de 2013 eu consegui arrumar o lealt e o template. Estarei postando alguns textos que já tenho pronto. E para deixar bem claro, todos os textos que aqui são postados são registrados por data e hora de postagem pelo blogspot que faz parte do google.com. Os textos que não são de minha autoria terão o nome do autor em baixo do texto em questão. Já os que não têm nome por logica devera ser os meus. Espero que gostem do blog, e agradeço se puderem comentar as postagens.

Grato: Welder Campos Rodrigues.

Ilha das Flores



Ilha das flores é um local na cidade de Porto Alegre, que é aproveitado como deposito de lixo.
Embora seja o assunto principal do filme, o lugar aparece somente quando os instantes finais do filme se aproximam. Antes disso, o curta mostra a trajetória de um tomate, da colheita ao descarte por uma dona de casa até que chega ao aterro sanitário ‘’ Ilhas das Flores. ‘’
Na ilha o lixo é praticamente todo reaproveitado por diversas famílias que lá vivem. Mas a chegada de um criador de porcos muda a rotina de vida destes supostos seres humanos, se assim pode-se dizer.
O criador dos porcos compra uma boa quantia de terras na ilha, mandando cercar todo seu território para impossibilitar os demais de entrarem em sua propriedade para coletar os alimentos ainda cabíveis de reaproveito.
O dono do terreno tem funcionários que cuidam da propriedade para que os populares não a invadam e que cuidam dos porcos. Eles escolhem os melhores alimentos do lixo para que sirva de comida para os ‘’ bichinhos ‘’ que são criados lá.
A sobra deste lixo tem que ser limpa do terreno, então os funcionários organiza uma fila na entra da propriedade. Grupos de dez entram, e atacam o lixo como ‘’ animais ‘’, cinco minutos são dados a eles, após o termino do tempo um novo ‘’ rebanho ‘’ de seres humanos entram e de novo atacam o lixo, a procura de algo que foi descartado pelos tratadores dos porcos e pelo
‘’ rebanho ‘’ anterior.
Pode-se ver no curta Ilha das Flores pessoas completamente isoladas da civilização, esquecidas pelo governo, que são dependentes da boa vontade do criador de porcos para terem algo de comer.
Na cidade de Porto Alegre, no aterro sanitário Ilha das Flores, vive pessoas que são encontradas em uma situação pior que porcos.


Por: Welder Kampos
1º periodo de Geografia
Faculdade Catolica de Uberlandia

1 comentários:

Gaby disse...

hum...
olha o orkut...

Viva o Livre!

Declaro aberto os portões desta Sociedade Alternativa. Sintam-se platéia de um palco cheio de personagens que nem eu sei de onde vieram.
A única coisa que sei é que eles estão dentro de mim e que vão começar a aparecer.

Melhor se acomodar, que a cortina já abriu...

Curiosidades..

Minha foto
"Eu acho legal o pessoal acessar o blog e não deixar um recadinho… É massa, é a mesma coisa que você cagar e não puxar a descarga… Porque querendo ou não você usou aquilo, pode ser num momento de merda, mas usou certo? Não custa deixar um recadinho falando… legal…"

Seguidores

Eu queria ser poeta. Mais sou apenas um contador de historias.