Você é o curioso...

    contador de acesso grátis
    ...
    ''O direito a ser iguais, quando a diferença nos inferioriza; o direito a ser diferentes, quando a igualdade nos descaracteriza''.

Informação geral.


Depois de algum tempo tendo problemas com o blog, hoje dia 17 de Setempro de 2013 eu consegui arrumar o lealt e o template. Estarei postando alguns textos que já tenho pronto. E para deixar bem claro, todos os textos que aqui são postados são registrados por data e hora de postagem pelo blogspot que faz parte do google.com. Os textos que não são de minha autoria terão o nome do autor em baixo do texto em questão. Já os que não têm nome por logica devera ser os meus. Espero que gostem do blog, e agradeço se puderem comentar as postagens.

Grato: Welder Campos Rodrigues.

Talk of crazy people!


Eu falo sozinho.

Falo sempre.

Sempre falo.

Não há nada de espanto nisso.
A senhora reza todos os dias e acredita que está com alguém. O torcedor grita sozinho na sala achando que os jogadores vão ouvi-lo.
O pobre rapaz reclama com o amigo de boteco sobre sua namorada, mas só sossega quando fica de um lado pro outro pela cama se perguntando, sozinho.
A maioria das pessoas parece orquestrar uma filarmônica quando falam sozinhas.
Ou um bando de filósofos com a mão no queixo.
Eu não!
Minhas mãos ficam ocupadas com o cigarro. Mas continuo falando sozinho. O vizinho me taxa de maluco, a vizinha diz que sou desequilibrado. Mas se tudo isso fosse loucura, choraríamos na presença de todos, com milhares de testemunhas.
Não vejo nenhuma loucura nisso. Adoro ouvir minha voz reclamando pelos corredores ou xingando qualquer coisa, qualquer ato sem pensar.
Adoro me deitar pra dormir e dizer boa noite para as paredes. Acho fantástico acordar e me perguntar toda manhã o porquê tive pesadelo ou o porquê dormi tão mal.
E o número de pessoas que falam tudo ao desligar o telefone?
É enorme.
É um festival de puta que o pariu, merda, por que ela fez isso? Ou por que eu não disse isso? Ou por que ele é desse jeito?
Loucura?
Não, nos sentimos bem sozinhos porque o coletivo nos traz corrupção, nos faz corruptos.
Isso não me espanta.
Ficarei espantado quando atender ao telefone e do outro lado da linha ser eu.

0 comentários:

Viva o Livre!

Declaro aberto os portões desta Sociedade Alternativa. Sintam-se platéia de um palco cheio de personagens que nem eu sei de onde vieram.
A única coisa que sei é que eles estão dentro de mim e que vão começar a aparecer.

Melhor se acomodar, que a cortina já abriu...

Curiosidades..

Minha foto
"Eu acho legal o pessoal acessar o blog e não deixar um recadinho… É massa, é a mesma coisa que você cagar e não puxar a descarga… Porque querendo ou não você usou aquilo, pode ser num momento de merda, mas usou certo? Não custa deixar um recadinho falando… legal…"

Seguidores

Eu queria ser poeta. Mais sou apenas um contador de historias.