Você é o curioso...

    contador de acesso grátis
    ...
    ''O direito a ser iguais, quando a diferença nos inferioriza; o direito a ser diferentes, quando a igualdade nos descaracteriza''.

Informação geral.


Depois de algum tempo tendo problemas com o blog, hoje dia 17 de Setempro de 2013 eu consegui arrumar o lealt e o template. Estarei postando alguns textos que já tenho pronto. E para deixar bem claro, todos os textos que aqui são postados são registrados por data e hora de postagem pelo blogspot que faz parte do google.com. Os textos que não são de minha autoria terão o nome do autor em baixo do texto em questão. Já os que não têm nome por logica devera ser os meus. Espero que gostem do blog, e agradeço se puderem comentar as postagens.

Grato: Welder Campos Rodrigues.

NICKS


Ia colocar umas palavras que eu escrevi hoje, mas os papéis não estão comigo aqui.
Deixa pra outro dia.

Você, com toda certeza, já teve um apelido na vida.
Nem que seja aquele que sua família lhe chamava quando você era pequeno, gordinho e bangelo.
Tem mãe que passa nove meses pensando num nome bonito para o filho, compra revistas, pesquisa o significado em sites esotéricos e procura um nome fofo, forte e que dê sorte.
Ai vem um infeliz, reduz o nome o máximo possível e mais rápido que um ventilador no três o nome do coitado é extinto de sua vida social.
Tem apelido que é a cara do dono, basta olhar para a pessoa e deduzir o apelido sem sacrifício. Tem apelido de namorada, aqueles fofinhos, que só você e muitas vezes só a namorada acha bonito. Tem apelido implicante, aquele que você faz questão de chamar aquela criatura insuportável que só atrapalha tua vida. Tem apelido criptografado, que só quem colocou entende. Tem apelidos relativo com o tamanho da cabeça, do nariz, dos olhos e outros.
Tem apelido horrível mesmo!
Tem uns que facilitam nossas vidas, porque não posso esquecer de citar aquelas mães que colocam em seus filhos nomes grandes, complicados e insoletráveis, nessas horas, um apelido é essencial. Tem gente que já se apresenta pelo nome reduzido.
Tem apelido com terminação da moda. Você e metade do colégio tem no nome o mesmo sufixo. Tem apelido momentâneo, basta você aparecer com um corte de cabelo péssimo, ou com o cabelo pintado de azul com mechas laranjas, pronto, todos vão lhe chamar de a menina de cabelo pintado de tal cor! Caso você não goste do seu nome, é só pintar o cabelo todo mês de uma cor diferente.
Tem apelido que deixa o dono danado de raiva, com vontade matar quem o chama assim! Tem até apelido sagrado. Tem apelido que relembra o seu passado e como amigo é bicho implicante continua te chamando até hoje, e você até gosta e esquece que tem nome. Tem apelido de irmã pequena que não sabe chamar o nome do irmão. Tem apelido sem noção, que surge do nada e permanece até o dia da sua morte. Tem apelido que a mãe do dono não pode saber. Tem apelido de vó, aquele bonitinho, fofinho e engraçadinho que você adora ser chamado quando está com a paciência enorme. Tem apelido que surge na hora da raiva, aqueles que você tira do fundo da sua mente e só pára de falar quando a criatividade acaba.


Enfim, quem não tiver um apelido é porque não nasceu ainda.

0 comentários:

Viva o Livre!

Declaro aberto os portões desta Sociedade Alternativa. Sintam-se platéia de um palco cheio de personagens que nem eu sei de onde vieram.
A única coisa que sei é que eles estão dentro de mim e que vão começar a aparecer.

Melhor se acomodar, que a cortina já abriu...

Curiosidades..

Minha foto
"Eu acho legal o pessoal acessar o blog e não deixar um recadinho… É massa, é a mesma coisa que você cagar e não puxar a descarga… Porque querendo ou não você usou aquilo, pode ser num momento de merda, mas usou certo? Não custa deixar um recadinho falando… legal…"

Seguidores

Eu queria ser poeta. Mais sou apenas um contador de historias.