Você é o curioso...

    contador de acesso grátis
    ...
    ''O direito a ser iguais, quando a diferença nos inferioriza; o direito a ser diferentes, quando a igualdade nos descaracteriza''.

Informação geral.


Depois de algum tempo tendo problemas com o blog, hoje dia 17 de Setempro de 2013 eu consegui arrumar o lealt e o template. Estarei postando alguns textos que já tenho pronto. E para deixar bem claro, todos os textos que aqui são postados são registrados por data e hora de postagem pelo blogspot que faz parte do google.com. Os textos que não são de minha autoria terão o nome do autor em baixo do texto em questão. Já os que não têm nome por logica devera ser os meus. Espero que gostem do blog, e agradeço se puderem comentar as postagens.

Grato: Welder Campos Rodrigues.

Ah este é sobre maçã.




A maçã não era o fruto proibido. Proibidos estavam os dois lá de comer a maçã.
Um ato definindo o duradouro adjetivo de uma coisa.
Meus pais sempre que voltam do supermercado, quase sempre, trazem um saco cheio de maçãs.
Minha mãe as coloca numa vasilha dentro da geladeira, já lavadas. A única proibição é a de comer maçã, ou qualquer fruta, antes de lavar com água. Depois disso, as maçãs estão totalmente liberadas.
Podem ser comidas ao acordar como parte natureba do café da manhã, antes do almoço para enganar a fome, depois do almoço como sobremesa, durante o lanche da tarde para não ficar de barriga vazia, na janta no meio da salada e de madrugada para não acordar com tanta fome. Enfim, maçãs podem fazer parte da sua vida. Basta plantar uma macieira ou, então, comprá-las.

Entre uma banana e uma maçã, prefiro a banana. Entre um kiwi e uma maça, prefiro o kiwi. Entre uvas e maçãs, prefiro as uvas. Não gosto muito de maçã, na maioria das vezes. Só em casos específicos. Hoje, foi um dia específico.
Com fome, abri a geladeira e encontrei três dentro de um pote. Escolhi a menos madura, peguei doce de leite, uma colher e me sentei. Todas as mordidas, até o final, eram acompanhadas de doce de leite. Não me deixo ser levado pela simples presença de maçãs. Só as como, quando sinto desejado por elas, quando fico ansioso por sentir seu gosto na minha boca. Quando isso não acontece, passam despercebidas pela minha fome.
Não são tão macias quanto mangas e ainda fazem barulho quando se mastiga para se comer sem motivo. Não importa o grau de simplicidade do motivo, o achar a cor de uma maçã bonita já é motivo para devorá-la!
Maçã não tem cara de suco, nem de sorvete, nem de mousse, nem de recheio de bolacha.
Maçã ou tem cara de maçã, ou de torta de maçã ou de maçã do amor, da amizade, do que seja, o importante é estar caramelisada.
Fim, então a Sociedade do Blog Alternativo vai começar a ter cara de maçã e ela nem gosta tanto delas.

0 comentários:

Viva o Livre!

Declaro aberto os portões desta Sociedade Alternativa. Sintam-se platéia de um palco cheio de personagens que nem eu sei de onde vieram.
A única coisa que sei é que eles estão dentro de mim e que vão começar a aparecer.

Melhor se acomodar, que a cortina já abriu...

Curiosidades..

Minha foto
"Eu acho legal o pessoal acessar o blog e não deixar um recadinho… É massa, é a mesma coisa que você cagar e não puxar a descarga… Porque querendo ou não você usou aquilo, pode ser num momento de merda, mas usou certo? Não custa deixar um recadinho falando… legal…"

Seguidores

Blog Archive

Eu queria ser poeta. Mais sou apenas um contador de historias.