Você é o curioso...

    contador de acesso grátis
    ...
    ''O direito a ser iguais, quando a diferença nos inferioriza; o direito a ser diferentes, quando a igualdade nos descaracteriza''.

Informação geral.


Depois de algum tempo tendo problemas com o blog, hoje dia 17 de Setempro de 2013 eu consegui arrumar o lealt e o template. Estarei postando alguns textos que já tenho pronto. E para deixar bem claro, todos os textos que aqui são postados são registrados por data e hora de postagem pelo blogspot que faz parte do google.com. Os textos que não são de minha autoria terão o nome do autor em baixo do texto em questão. Já os que não têm nome por logica devera ser os meus. Espero que gostem do blog, e agradeço se puderem comentar as postagens.

Grato: Welder Campos Rodrigues.

Primeira declaração de amor do ano de 2013.




Eu sei que eu sou cheio de erros e defeitos.
Eu sei que eu sou complicado, cheio de nhé nhé nhé.
Eu sei que eu sou teimoso, ciumento e possessivo excessivamente.
Eu sei que sou frio, grosso e insuportável. Eu sei que sou cheio de imperfeições e brigo por qualquer besteira.
Eu sei que não demonstro quase nada.
Eu sei que quanto mais eu tento consertar tudo, eu acabo estrago mais ainda as coisas. Eu sei que eu sou fresco e bobo. Eu sei que não digo que te amo todos os segundos da sua vida, eu sei que não digo, muitas vezes, quando sinto sua falta.
Mas eu sinto, sinto tanto e não consigo demonstrar nada.
Sinto tanto ciúmes e o que você não vê é que eu morro de medo de perder você.
Sou possessivo além da conta, não suporto quem ameaça te tirar da minha vida, de mim. Para mim o que é meu é meu e de mais ninguém. Sou capaz de fazer qualquer coisa pra te ver sorrindo. Sou complicado e muitas vezes não consigo desatar o nó que fiz.
Sou duro de pedra, frio de congelar, desconfiado, ciumento e possessivo pra deixar alguém louco. Mas a minha maior qualidade, ou defeito, seja amar demais, sem esperar em troca. Doar-me por inteiro, mesmo que durem anos pra que isso aconteça.
É mergulhar com a alma. É saber interpretar cada silêncio sem precisar pronunciar uma só palavra. É saber ler o olhar que nenhuma palavra seria capaz de expressar.
É amar, amar por inteiro.
Não gosto de meio termo.
Ou sou seu ou não sou. Ou amo ou não amo. Ou fico ou vou embora. 
Eu posso ter mil e um defeitos.
Mas ninguém poderia te amar do mesmo modo, ou até mais, do que eu te amo. Ninguém poderia ficar contigo até o fim.
Ninguém saberia decifrar cada detalhe teu.
Ninguém saberia ler os seus olhos ou o seu silencio.
Ninguém sentiria tanto medo de te perder como eu.
Ninguém, ninguém te amaria como eu.
Então não me perde, mesmo com meus inúmeros defeitos e erros não me perca.
Porque ninguém seria capaz de ficar contigo até o fim, como eu irei ficar.


Eu te amo. WCR&MERN




0 comentários:

Viva o Livre!

Declaro aberto os portões desta Sociedade Alternativa. Sintam-se platéia de um palco cheio de personagens que nem eu sei de onde vieram.
A única coisa que sei é que eles estão dentro de mim e que vão começar a aparecer.

Melhor se acomodar, que a cortina já abriu...

Curiosidades..

Minha foto
"Eu acho legal o pessoal acessar o blog e não deixar um recadinho… É massa, é a mesma coisa que você cagar e não puxar a descarga… Porque querendo ou não você usou aquilo, pode ser num momento de merda, mas usou certo? Não custa deixar um recadinho falando… legal…"

Seguidores

Blog Archive

Eu queria ser poeta. Mais sou apenas um contador de historias.